Novo prédio da Biblioteca Antônio Torres em Sátiro Dias

Foi inaugurada no dia primeiro de outubro de 2023 a sede definitiva da Biblioteca Pública Antônio Torres em Sátiro Dias, terra natal do autor.

No ano de 1991 foi inaugurada uma biblioteca pública municipal, em homenagem ao escritor Antônio Torres, filho da terra e um expoente da literatura brasileira, imortal da Academia Brasileira de Letras. Idealizada por Luiz Eudes, seu projeto encontrou ressonância no então vereador Arízio Torres, e contou com o empenho do prefeito José Robério de Oliveira Batista. Atualmente a biblioteca conta com um acervo de dezesseis mil livros, com acesso garantido a qualquer pessoa, estudante ou não, em seu horário normal de funcionamento.

Desde que a biblioteca foi inaugurada, os livros vivem o dissabor de mudar de lugar a cada nova administração. Já andaram de caçamba, de carroça, em lombo de jegue, e até sofreram atentado a bomba quando alguns assaltantes dinamitaram o Banco do Brasil e, por azar dos livros, a biblioteca dividia a parede que foi explodida pelos marginais. Agora, tudo parece caminhar para um final a La Fontaine, tipo “e os livros foram felizes para sempre”. Os príncipes, as princesas, as fadas e as bruxas más poderão dormir na certeza de que não serão mais despejados quando houver mudança de prefeito e todos os personagens acordarão dispostos a produzir sonhos e construir cidadania com a construção, pelo prefeito Pedrito Cruz, da sede própria da Biblioteca Pública Municipal Antônio Torres.

Tom Torres – Escritor e irmão de Antônio Torres

Fotos (clique nas fotos para vê-las inteiras)

“A arte escrita encantatória do sertão nordestino”

Tom Farias, na Folha de S. Paulo em 15 de março de 2023:

Antônio Torres e a arte escrita encantatória do sertão nordestino.
O autor, que fez 50 anos de carreira literária em 2022, proclama sua terra através da ‘Trilogia Brasil’

Artigo original na Folha

Clique para ver o PDF em outra aba: A arte escrita encantatória do sertão nordestino – Tom Farias.

Folha_15_03_2023_Antonio_Torres_por_Tom_Farias